Benítez arma Inter de Milão com cara de Liverpool

No Liverpool, Rafa Benítez costumava dispôr a equipe com cinco meio-campistas, divididos em uma linha e um enganche ofensivo. O sistema pode ser desdobrado em 4-4-1-1. À época, Gerrard deixou o apoio entre defesa e ataque, como legítimo box-to-box, para ser o meia-atacante próximo de Fernando Torres, com dois marcadores centralizados – Xabi Alonso e Mascherano – e dois wingers pelos lados (geralmente Kuyt, mais incisivo, e Riera, mais defensivo).

Na decisão do Mundial de Clubes, Benítez fez o mesmo com a Inter de Milão. Ao invés do 4-2-3-1 escolhido assim que chegou à Itália, o treinador do campeão mundial utilizou-se da base elaborada no Liverpool para vencer o Mazembe por 3 a 0. Acredito que esta variação, bem simples porque parte de uma grande semelhança com o 4-2-3-1 habitual, deve-se ao 4-1-4-1 do Mazembe.

Sem Sneijder, Stankovic ficou de fora. Entrou Maicon na lateral-direita, empurrando Zanetti para a extrema-direita da segunda linha. Um winger defensivo, como fazia Riera no Liverpool. Na esquerda, o winger incisivo e ofensivo: Eto’o, caprichando nas diagonais. Ambos recuavam e alinhavam-se, sem a bola, aos centrais Cambiasso e Thiago Motta.

Pandev reprisou Gerrard. Desprendeu-se do patamar de Eto’o e Zanetti, atuando próximo de Diego Milito. Foi o enganche ofensivo, praticamente um segundo atacante. Desta forma, marcou o primeiro gol em uma infiltração pelo chão, movimento básico para furar bloqueios em duas linhas, como o proposto pelos africanos.

Acredito que a variação tática foi planejada conforme o sistema do Mazembe para permitir exatamente esta infiltração central. Afinal, no 4-2-3-1, aconteceria o mesmo encaixe de marcação sofrido pelo Inter de Celso Roth na semifinal: Eto’o e Zanetti marcados pelos laterais, e Pandev perseguido individualmente pelo volante da sobra. Com Pandev adiantado, Benítez indefiniu a marcação, colocando-o às costas deste volante, e tirando os zagueiros do conforto, com a eliminação da sobra defensiva.

Anúncios
Esse post foi publicado em Inter de Milão, Mundial de Clubes e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s